Guia básico de como ser um “otaquinho” desu.

Você! Você mesmo! Quer se exibir na internet e causar brigas entre fanboys e haters? Oras, mas isso é muito fácil! É só seguir esse guia prático de como ser um “otaquinho”!
Não sabe o que é um “otaquinho”? Há vários conceitos sobre isso, as más línguas dizem ser um retardado mental que age como se vivesse no seu anime favorito. As boas línguas associam com os fãs incoerentes que descabelam-se de raiva para defender com toda a sua virginda- digo… Com toda sua lealdade o seu anime ou mangá favorito. Então, vamos ao guia?

Primeiro Passo: Misture Japonês com o seu idioma.

– Onde vemos isso com frequência? A resposta é simples: Here, there, everywhere! O vírus “otaco” espalhou-se numa velocidade incrivelmente sugoi desu, fazendo uma geração de adoradores da cultura pop oriental obterem uma postura baka desu ka. Quem garante que não estejamos infectados pouco a pouco? Kowai deshou?

Como se não bastasse, eles acham que estão arrasando, – E estão mesmo – quando a legião “otaquinhos” desu desu entra em cena, só imagino uma trilha sonora que se encaixe nesse tipo de coisa: PRE-PARA! QUE AGORA É HORA DO SHOW DOS OTAQUINHOS.

Segundo Passo: Critique mas não aceite ser criticado.

– Eu não gosto de Bleach, o protagonista tira o poder do orifício anal quando lhe é necessário, e todo arco algum amigo dele é sequestrado pelo vilão. Que coisa estranha. Eu prefiro Naruto.

*A seguir, leia o trecho do livro escrito por um otaquinho para responder meu comentário acima.*

(…) Seu poser! Bleach é o melhor anime do mundo, desu desu! Essa merda de Naruto só quer correr atrás de macho, yaoi de merda, bakayarou, desu, Naruto é modinha dos fãs alienados da mídia que manipula o povo através da TV! #VEMPRARUA #FORASBT #DESU. Bleach tem mulher kawaii, o desenho é melhor desu, aliás, não é desenho é anime. (…)

Terceiro Passo: Não é desenho é anime.

– No conceito geral, assim como as demografias, gênero e etc, os desenhos animados se dividem em Anime, Cartoon, e os 3D. Em suma, é tudo desenho, embora associem o termo “desenho” somente aos cartoons. Mas sim, é tudo desenho. Mas como isso é um guia ensinando a ser um otaquinho:

(…) Não desu, anime tem traço mais detalhado, baka! Desenho tem história episódica e anime segue um enredo, desu desu. Sem falar que anime é feito no Japão e desenho é lixo estadoniden- (…)

Quarto Passo: Desu desu desu desu desu desu desu.

– Use e abuse do desu, desu! Não tenha medo de pleonasmos viciosos e nem de cacófatos, pode meter todo o desu que puder em suas frases.

“Ohayou desu, mina-san! Ore wa genki desu. Hahaha nem deve ter entendido o que eu disse, ora wa tesai desu!”

Mal sabem que “desu” é o verbo “ser” (formal), mas isso não importa no dialeto otaco.

Quinto Passo: Não gosta de anime? É funkeiro!

– Goste de rock, de animes populares, e desmereça qualquer pessoa, independente de ter a melhor personalidade do mundo, que não goste dos mesmos. É tudo funkeiro. Não merece vossa sagrada atenção desu.

E é isso. O que está esperando? Corra para a sua rede social favorita e mostre aos seus amiguinhos o que aprendeu! A Divisão Joy agradece a contribuição.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Guia básico de como ser um “otaquinho” desu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s